Tratamentos

NARIZ ENTUPIDO

Nariz entupido

O nariz entupido interfere na vida do paciente de diversas formas:  dificuldade de concentracão, dificuldade na prática de atividades físicas, diminuição do olfato, do paladar, entre outros. Por isso, devemos sempre buscar um diagnóstico da causa que pode ser Rinite, Desvio Septal, Sinusite Crônica, Polipose Nasal, outras causas ou associação de algumas.

Rinite - nariz entupido normalmente em báscula (ora um lado obstruído, ora outro), coceira no nariz, espirros e coriza são os sintomas mais comuns de quem tem rinite.  Se ela é alérgica ou não, cabe ao médico fazer uma avaliação.  
Para pacientes com rinite, é necessário sempre fazer uma avaliação otorrinolaringológica por nasofiboscopia para determinar a presença de alguma outra alteração (desvio de septo, pólipo nasal, entre outros).

Recomendações: 

  • - Retirar de casa tapetes, carpetes e cortinas;
  • - Retirar bichos de pelúcia, livros, e tudo que não for de uso constante. O quarto tem que ter o mínimo de coisas possível;
  • - Procurar sempre morar em locais onde os dormitórios sejam ensolarados e onde bata sol durante o dia.  Nesta hora, é sempre bom deixar a janela aberta;
  • - Nunca passar a vassoura, usar somente pano úmido e/ou aspirador;
  • - Não ter animais de estimação - cachorro, gato, periquito, papagaio, etc.  Se não houver outra opção, dê banhos semanais e evite ao máximo o contato direto e a circulação nos dormitórios. Dar preferencia àqueles que não soltam pêlo;
  • - Evitar áreas de umidade ou mofo, elas podem ser a causa de todo o problema;
  • - Usar Edredon ao invés de cobertor;
  • - Não usar roupas de lã. Dar preferência a materiais sintéticos ou algodão.

Além dessas recomendações, orienta-se realizar lavagem do nariz com solução fisiológica que pode ser feita com soluções prontas que existem no mercado, ou ainda, com soro fisiolófico e uma seringa de 10 ml, realizando a instilação lenta de 5 ml em cada narina e inalando até a solução cair na boca. Repetir esse processo duas vezes ao dia sempre. É importante entender que trata-se de um problema, na maioria dos casos, crônico e esta lavagem funciona do mesmo modo que escovamos os dentes para previnir a formação de cáries e outros problemas da cavidade bucal. Previnir é a palavra chave sempre que falamos de Rinite e para isso servem todas essas orientações.

Desvio Septal - O septo é uma estrutura localizada no centro da face composta de cartilagem e ossos. A maioria das pessoas possui algum grau de desvio de septo, porem nem todas precisam realizar uma cirurgia de correção. Esta só é feita quando o desvio acarreta uma obstrução na passagem de ar pelas fossas nasais. Portanto, sempre antes de se cogitar uma cirurgia para correção de desvio de septo, deve-se tratar a rinite ou outras causas de obstrução nasal concomitantes.  Não surtindo efeito, é feita a indicação da cirurgia.

Sinusite Crônica - nariz entupido, secreção espessa nasal e tosses que duram mais de um mês são os sintomas mais comuns de sinusite crônica. O tratamento se baseia em uso de antibiótico e corticoesteróide nasal e, em casos que não melhoram com o tratamento, optamos por abertura cirúrgica dos óstios de drenagem dos seios da face acometidos.

Polipose nasal - Diagnóstico por endoscopia nasal, com a detecção de pólipos no nariz. Acompanha sinusite crônica e o tratamento é feito com medicamentos e cirurgia para ressecção dos pólipos e abertura dos óstios de drenagem dos seios da face.


CONFIRA OUTROS SERVIÇOS: